Artigo - Interiores - Harmonia no lar

Escritório de arquitetura e interiores em São Paulo


Artigos

Interiores - Harmonia no lar

06/03/2014

Todos os casais procuram construir uma harmonia no lar com respeito mútuo, dedicação, compartilhamento e amor, e muitas vezes esbarram nos obstáculos trazidos pelo cotidiano tedioso, pelos conflitos entre personalidades e pelas buscas individuais pelos desejos profissionais e materiais. O que muitos não chegam a considerar é que o espaço em que habitam pode propiciar ou não esta harmonia do casal. O lar em que moramos é extremamente importante como coadjuvante de nossas relações.
É evidente que o espaço que nos cerca nos influencia e muitas vezes nos compele a ter este ou aquele comportamento, por exemplo: dificilmente alguém começaria uma briga dentro de um local sagrado, como uma igreja ou um cemitério, o respeito pelo local é óbvio; ou recusaria um simples café da tarde diante de um pôr-do-sol em uma varanda ao abrigo de uma primavera, a paisagem e o momento nos relaxam e nos convidam a espairecer. Neste sentido é que o local onde moramos pode ajudar ou não nossos relacionamentos, pois se ele possuir espaços bem planejados e de bom gosto que possibilitem a contemplação, descanso, reunião, recolhimento, estudo e diversão o relacionamento do casal será influenciado de maneira benévola. A harmonia no lar então deve ser entendida de duas formas: primeiro uma arquitetônica, que corresponde a um projeto harmonioso, correto e belo do lar; e outra, de relacionamento do casal. Para a primeira interpretação além de um bom arquiteto para projetar esses espaços aqui vão algumas dicas importantes: 
Aproveitamento do terreno: procure sempre possuir belos jardins vistos através de portas e janelas de vidros generosos, se o terreno for pequeno coloque os quartos em andar superior para liberar o andar térreo, senão sua casa vai ficar espremida dentro do lote e suas janelas vão se abrir para o muro;
Área de lazer: cuidado com edículas distantes da casa, geralmente elas são pouco utilizadas e acabam virando depósito de cacarecos, prefira as varandas com churrasqueira adjacentes ao corpo principal da casa, de preferência como extensão da sala de jantar por meio de portas de correr ou balcão, assim você traz o relaxamento para bem pertinho, aumenta a percepção de espaço de sua casa e pode usar o local até em dias de chuva;
Salas: se possível, permita que ela tenha pé direito mais elevado, sem laje, apenas com lambri de madeira colocado na estrutura do telhado, atualmente existem soluções muito simples que impedem o calor e a chuva de entrarem, como o foil, uma manta aluminizada entre o forro e a telha, dessa forma sua sala ficará ampla e contemplativa tornando-se um espaço de reunião, pois terá escala para abrigar várias pessoas;
Quarto do casal: não coloque armário nele, prefira um closet conjugado com o banheiro, utilize nas paredes papéis de parede ou texturas e no piso madeira ou porcelanatos com aparência de tecido para aumentar a sensação de aconchego e quando possível conjugue o quarto através de uma porta balcão com um espaço de relaxamento só do casal, como um jardim privativo, um spa ou um ôfuro, assim todos os dias o convite para o namoro será feito pelo próprio local;
Espaços individuais: todo mundo precisa de um local só seu, não deixem de estabelecer isso em suas casas, é muito bom ter um bilhar ou outro hobby para relaxar depois do trabalho para os homens e um local reservado, como uma banheira de hidromassagem, para os tratamentos de beleza das mulheres, assim cada um poderá se recolher para refletir sobre suas vidas em espaços calmos e relaxantes.



Projetos de arquitetura, interiores, decoração e paisagismo - São Paulo